15 Março, 2018

Eurofirms apresenta em Lisboa a radiografia do Employee Branding nas empresas de Portugal 2018

Descarrega o relatório aquí.

  • O relatório é um reflexo da realidade e da tendência das empresas portuguesas na hora de aplicar o Employee Branding.
  • 81% das empresas estão nas redes sociais e profissionais, mas apenas 19% investem em formação em matèria de redes sociais.
  • Quase 82% das empresas consideram que o Employee Branding é importante, mas apenas 19% desenvolveram um plano específico.

 

A Eurofirms, primeira empresa espanhola de Recursos Humanos, apresentou hoje em Lisboa o relatório “Radiografia do Employee Branding em empresas de Portugal – março de 2018″, com base num estudo realizado a 118 empresas portuguesas.

O relatório é um reflexo do Employee Branding em Portugal, que mostra a realidade e a tendência das empresas ao aplicarem este método de comunicação da marca e os valores da organização,  conseguindo colaboradores alinhados com a cultura da empresa que, posteriormente, atuam como embaixadores da marca.

Esta ação contou com a participação de Álex López (expert e formador em redes sociais no IESE, Top 20 Mundial Influencers Social Selling, e primeiro em língua espanhola) e Marta Colomer (Diretora de Marketing na Eurofirms).

81% das empresas tem presença nas redes sociais e profissionais

Segundo o estudo, 81% das empresas afirmam dispor de um ou mais perfis corporativos nas principais redes sociais e profissionais, mas destas, apenas 19% oferecem formação aos seus colaboradores nesta matéria.

Na mesma linha, cerca de 82% das empresas consideram que o Employee branding é importante, mas apenas 19% desenvolveram um plano específico.

Descobre todos os detalhes do relatório aqui.