14 Fevereiro, 2017
eurofirms_bienestar_reforma_horaria

A Eurofirms implementa novos horários para contribuir para o bem-estar da equipa

A partir de segunda-feira, 13 de fevereiro, o horário laboral da rede de escritórios da empresa de RH Eurofirms terminará às 18 horas, em vez de às 19 horas.

O novo horário, que está em sintonia com as propostas da “reforma horária”, melhorará o bem-estar das mais de 430 pessoas do grupo.

 

A Eurofirms adaptou o horário laboral à sua cultura de empresa, baseada na gestão por valores, dando prioridade ao bem-estar das pessoas em primeiro lugar. Com o objetivo de contribuir para uma melhor qualidade de vida de todos os seus trabalhadores, a partir de 13 de fevereiro, o horário laboral da rede de escritórios termina às 18 horas, em vez de às 19 horas.

Conscientes de que “trabalhar com felicidade” é um dos bens mais valiosos da empresa, com os novos horários de trabalho, das 9 às 14 horas e das 15 às 18 horas, a equipa poderá equilibrar melhor o tempo que dedica à sua vida profissional e pessoal. Esta alteração nos horários não afetará o apoio aos clientes, já que a Eurofirms previu uma ampliação dos serviços de salvaguarda para eventuais urgências dos seus clientes fora do horário de trabalho.

En sintonia com a “reforma horária”

O novo horário da Eurofirms está em sintonia com as propostas de reforma horária que estão a ser implementadas para alterar os horários com o objetivo de poder desfrutar de maior liberdade na gestão do tempo, para equilibrar os hábitos horários com os do resto do mundo e, seguramente, melhorar a saúde e a qualidade de vida.

O debate social da reforma horária iniciado recentemente no Estado espanhol, incentiva hábitos com horários cívicos, potenciando a igualdade entre as pessoas, a saúde e o bem-estar. A Eurofirms está atenta a este debate e, se há algum tempo introduziu horários laborais mais flexíveis de entrada e saída, agora compacta o horário laboral para sair mais cedo do trabalho.

O novo horário incidirá em todo o grupo

A nova medida horária incide agora no bem-estar de todos os trabalhadores da Eurofirms, composto por mais de 430 trabalhadores divididos por 88 delegações. A Eurofirms terminou 2016 com resultados de faturação de 294,7 milhões de euros, com um aumento de 38% face ao exercício anterior. Em Portugal conta com 12 escritórios e um total de 63 pessoas.

Com esta medida em termos de horário, a Eurofirms reafirma o seu compromisso para com um modelo próprio de empresa, que coloca as pessoas no centro da atividade da empresa, dando prioridade à gestão por valores para conseguir os melhores resultados.

A Eurofirms, primeira empresa nacional de RH com mais de 25 anos de história, oferece serviços de trabalho temporário, seleção de pessoal, subcontratação e Pivot. Conta também com uma Fundação que oferece serviços de integração laboral de pessoas portadoras de deficiência física e psíquica..